Dia da Mulher – Palestra

IMG_20200313_160735452

Ampliando as comemorações pela passagem do Dia Internacional da Mulher recebemos hoje (13/02), em nossa instituição de ensino, o Professor de História e Militar Deodato Alves. As turmas do turno vespertino puderam refletir acerca das diversas construções históricas e sociais relacionadas à condição feminina e avaliaram-se com relação ao trato com o gênero feminino.

Durante o evento, o palestrante enumerou as históricas conquistas femininas desde o direito da primeira mulher cursar uma universidade (no Brasil, em 1879), o direito ao voto (1932) até a atual lei do feminicídio de 2015. Segundo Deodato, a sugestão para todos é que “lutem pelos direitos, pois, são capazes. Sejam aguerridas e busquem o exemplo de uma mulher admirável, como a própria mãe de vocês.”

IMG_20200313_160645497

Dia da Mulher – palestra com Profª Shaiane

IMG_20200310_111701374

O Dia Internacional da Mulher é uma data comemorativa que foi oficializada pela ONU na década de 1970 com a finalidade de simbolizar a luta histórica das mulheres para terem suas condições equiparadas às dos homens bem como alertar para os desmandos de gênero que sempre foram base da sociedade de cunho machista. Em um primeiro momento, a data remetia somente à reivindicação por igualdade salarial, mas, na contemporaneidade, simboliza a luta das mulheres não apenas contra a desigualdade salarial, mas também contra o machismo, a violência e o desrespeito.

Nossa escola trabalhou a data comemorativa e reflexiva por meio de palestra (10/03) com nossa professora Keila Shaiane que abordou o tema do “Dia da mulher: luta ou comemoração?”. As palestras desenvolvidas encaminharam as discussões de forma a entender a dívida histórica que a sociedade tem com as mulheres, valorizar os avanços sociais e alertar para a necessidade de permanência na luta por uma sociedade mais equânime. Como bem ratifica a professora, a importância da data está em “problematizar as lutas antes (os obstáculos) e as lutas da atualidade, como salários e mesmas oportunidades.”

IMG_20200310_111728558

Elvira Folia 2020

IMG_20200221_100332007

Realizamos hoje (21/02) a culminância de nosso trabalho pedagógico para a Festa de Momo. Entendendo que festejar o Carnaval no ambiente escolar é o mesmo que resgatar a cultura local, regional avançando para além da questão profana e religiosa, já que supõe a abertura da contagem para a Quaresma do cristianismo. Lembramos que os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) orientam para que conheçamos as características fundamentais do Brasil nas dimensões sociais, materiais e culturais, como meio para construir progressivamente nossa identidade bem como o sentimento de pertinência ao nosso meio social.

A Escola Profª Elvira Viana, como atividade programada vivenciada em sala, tem no carnaval importante tema que propicia procedimento pedagógico interdisciplinar com foco na manutenção e propagação de nossa cultura. Na culminância tivemos as apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelos docentes em sala: paródias, estandartes, máscaras, em suma, a linguagem particular de nossa cultura diversificada.

Acompanhe pelo Instagram e Facebook também:

IMG_20200221_093524617

Consciência Negra – EJA

 

Atividade proposta à turma do EJA pelo Professor Marcelo Francisco desenvolveu a temática que envolve a Semana da Consciência Negra, com a culminância na aplicação da atividade de produção artística com referências ao dia nacional de conscientização (22/11). Vocalizar quem normalmente foi silenciado na sociedade brasileira é função primordial da escola e deve, sem dúvida, ser preocupação de toda sociedade.

“Comemorado em 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra marca o dia da morte de Zumbi dos Palmares, ocorrida em 1695, após anos defendendo o Quilombo de Palmares de expedições que pretendiam escravizar, novamente, os negros que conseguiram fugir. Também chamado de Dia nacional de Zumbi e da Consciência Negra ou ainda Dia de Zumbi dos Palmares. (…) A data comemorativa foi instituída em 1995 para ser um dia de reflexão sobre as questões que envolvem a introdução dos negros na sociedade brasileira.” (significados.com)

 

 

Júri Simulado – Personagem o filho da Caolha

Sob a orientação da bolsista do Residência Pedagógica Juliane Barbosa foi realizada a culminância (18/11) de júri simulado com a turma do 2° ano B, disciplina de Língua Portuguesa (Prof. Carlos G. Caldas) em nossa instituição de ensino. O projeto de trabalho da bolsista da UFRPE-UAG desenvolveu atividades diversas em sala de aula a partir do conto “A Caolha” da escritora Júlia Lopes de Almeida finalizando com uma adaptação entre gêneros textuais.

A construção da sequência de execução das atividades incluiu a leitura do conto, produção de texto narrativo a partir do processo de leitura, interpretação e análise da obra, retextualização para o gênero textual júri simulado e a apresentação oral propriamente dita do texto previamente escrito pelo grupo. Para a estudante do 2° ano B Juliana, que participou do júri como promotora pública, o conjunto das atividades tiveram muito interesse porque foram diferentes das atividades convencionais de estudo da língua portuguesa e ainda tratava de uma temática que permitia entender que devemos cuidar melhor dos idosos.

Entrega de recicláveis

O material coletado durante a campanha ocorrida durante a nossa última Gincana Multidisciplinar, sob a orientação de prof. José Kleiton, foi entregue (08/11) para ser encaminhado ao processo de reciclagem. As garrafas plásticas (Pet) a serem retiradas da natureza para reutilização é fator de garantia de um desenvolvimento sustentável. Aceita-se que estar ciente da sequência da produção de plásticos incentiva os consumidores a cuidar de como são descartados esses produtos, de modo a manter o equilíbrio ambiental.

Durante a atividade de coleta durante a gincana de cunho interdisciplinar, a questão ambiental da sustentabilidade foi objetivo do processo de ensino e aprendizagem. O encaminhamento da conscientização acerca da necessidade de entendimento dos ciclos de produção que interferem em nossas vidas e na natureza que nos cerca é função da escola com vistas a uma sociedade mais atenta à preservação e mais solidária.

 

Abrigo São Vicente de Paulo (apresentação)

IMG_1518

Nossas estudantes do Novo Ensino Médio (1° ano) desenvolveram uma apresentação especial de dança e música para as idosas do Abrigo São Vicente de Paulo. Sob a coordenação da Profª Vânia Silvestre, do componente curricular eletivo e de matemática, as jovens (e se) emocionaram com as histórias de vida e contexto poderoso das senhoras que são internas no abrigo.

Durante o evento (em 07/11), ainda estiveram a nossa gestora Elania Lopes, professora Suzana e o professor Emanoel. Para a nossa gestora a “participação nesses momentos de solidariedade as nossas estudantes tiveram a oportunidade de distribuir afeto e de receber muito carinho”.

IMG_1564

 

 

Gincana multidisciplinar – Ação social

IMG_20191031_154211046

Em ação social a partir dos mantimentos recolhidos pelos estudantes durante a Gincana Multidisciplinar de Ciências Ambientais e Sociedade. Todos os donativos recolhidos pelos nossos jovens foram transformados em cestas básicas para serem distribuídas na comunidade e mantimentos diversos para o Abrigo São Vicente de Paulo. Ao mesmo tempo que visitaram as idosas que estão sob os cuidados da instituição entregaram os recursos captados pelo evento coordenado pela professora Ana Paula e pelo professor José Kleiton.

A interatividade com as idosas e o respeito às histórias de vida eclipsadas por dor e sofrimento foram uma experiência singular para todos. A possibilidade de reconhecer naquelas vidas, proximidade com sentimentos de alteridade, proatividade e empatia fornecem arcabouço para formação humana sólida.  Estiveram, além de nossos estudantes do turno vespertino, nossa Diretora Adjunta Elizângela Mendonça, Prof. Carlos Caldas e professora Ana Paula Reis e profª Eleni Alves que acompanharam os alunos durante o emocionante encontro.

IMG_20191031_162615656

Palestra sobre os anseios da juventude moderna

Recebemos hoje (25/09) em nossa escola, o grupo da Cruzada Internacional Fé e Milagres que realizará um evento na cidade. Os participantes conversaram com os alunos e professores sobre assuntos de ordem motivacional e religiosa que podem interferir no encaminhamento da vida de muitos. As turmas do 1°B e do 3°B tiveram oportunidade de ouvir as vivências de estrangeiras que vieram com a equipe.

Com tradução simultânea, as americanas Rhonda Edens e Tifany falaram de suas experiências de vida, das barreiras que ultrapassaram (como violência e assédio doméstico) e das possibilidades sugeridas pela Missão Cristã de Evangelização. Para o Pastor William, há como fator limitador da juventude, a experiência com as drogas que é “o grande inimigo do crescimento da sociedade e também é instrumento de interrupção do crescimento dos jovens.”

 

Professores conversam com integrantes da equipe da Cruzada Internacional

Projeto de saúde mental nas escolas (Cultura de Paz)

IMG_20190820_081901797_HDR

Vivenciamos hoje (20/05 – turnos matutino e vespertino) em nossa escola, o Projeto de saúde mental nas escolas que objetiva promover discussões sobre saúde mental com crianças e adolescentes nas escolas públicas de Garanhuns. O trabalho  idealizado pela Universidade de Pernambuco, na Residência Multiprofissional em Saúde Mental com ênfase no cuidado do usuário e da família, no campus Garanhuns tem como público-alvo os estudantes e é realizado pelas equipes de ESF e NASF e pelos residentes do programa da UPE. Da mesma forma, promove o desenvolvimento dos preceitos da Cultura de Paz. Quinzenalmente, outras atividades serão desenvolvidas na nossa instituição.

Nas atividades desenvolvidas desta feita, os residentes de saúde mental Amélia Oliveira, Emanola Antunes (enfermagem); Camile Holanda, Wamberto Medeiros (psicologia), Gabriela Pessoa e Amanda Cavalcanti (assistência social) junto com equipe multidisciplinar formada por Katharina Pereira (veterinária), Eliana Bezerra (assistente social), Karoline Oliveira (nutricionista) e a enfermeira Eduarda Godoy promoveram discussões amplas  sobre a promoção e a prevenção em saúde mental dos jovens. Como o tema é bastante instigante, nossos estudantes participaram ativamente de todas as discussões propostas, sendo o início de uma série de ações sobre a temática abordada.

IMG_20190820_081243490_HDR.jpg