Aulão Matemática

Professora Vânia Silvestre ministrou aulão

As diversas deficiências de formação de nossos jovens são motivo de diversas intervenções pedagógicas em nossa instituição de ensino. Hoje (21/10) a nossa professora Vânia Silvestre realizou mais um aulão para os estudantes com previsão de conclusão do ensino médio para este ano e com prevista participação do certame do ENEM. Ao diversificarmos as dinâmicas, as práticas de sala de aula permitem motivar nossos jovens para árdua lida com as competências da área das ciências exatas e suas tecnologias.

Os conteúdos básicos das provas do ENEM, SAEB e SAEPE e que são imprescindíveis para a resolução de questões de Matemática são também aqueles que estão presentes em praticamente todos os eventos anuais. Questões que se repetem com mínimas variações na proposição a ser resolvida. E, sem assimilar esses conteúdos basilares, nossos estudantes não conseguem resolver a maioria das questões de Física e também os cálculos em Química e Biologia. Dessa forma, intervenções que abarquem essas competências são fundamentais para possibilitar igualdade de oportunidades a todos participantes.

Oficina de correção de redação do ENEM

correçãoAnalisar as características da correção de redação realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas)/INEP foi o objeto de estudo dos bolsistas do Programa Residência Pedagógica da UAG/UFRPE, com realização em nossa escola, em 24/09. Sob a mediação do Professor Carlos G. Caldas – Professor Preceptor do RP – o trabalho abrangeu desde a reflexão acerca do embate do professor de Língua Portuguesa com o texto dissertativo-argumentativo; perpassando as formas elementares de anulação das produções de texto; bem como, o estudo das matrizes de referência para a composição da nota por meio da avaliação de diversas competências redacionais.

Eventos que orientem e informem os sujeitos envolvidos dos diversos preceitos que  são básicos para a lida com nossos estudantes é função prioritária que impacta significativamente em nossas salas de aula. De forma que esperamos continuar a oportunizar equidade de condições que permita a inserção, no Ensino Superior, dos jovens advindos da Rede Pública Estadual de Ensino e que serão submetidos ao Exame Nacional do Ensino Médio.